Uma linha do tempo auto-explicativa

grayscale photography of woman wearing tank top

1837 – Primeira lei de educação: negros não podem ir à escola

1850 – Lei das terras: negros não podem ser proprietários

1871 – Lei do Ventre Livre – quem nascia livre?

1885 – Lei do Sexagenário – quem sobrevivia para ficar livre?

1888 – Abolição (depois de “só” 388 anos de escravidão)

1890 – Lei dos vadios e capoeiras – os que perambulavam pelas ruas, sem trabalho ou residência comprovada, iriam pra cadeia. (A população desempregada e a população carcerária ontem e hoje são majoritariamente negros… Né?)

1968 – Lei do Boi: a PRIMEIRA LEI DE COTAS – Não, não foi pra negros, foi para filhos de donos de terras, que conseguiram vaga nas escolas técnicas e nas universidades (RELEIA SOBRE LEI DE TERRAS)

1988 – Constituição Federal – somente NELA o racismo se tornou crime…

2001 – Conferência de Durban, o Estado reconhece que terá que fazer políticas de reparação e ações afirmativas. Brasil signatário. Se assinou tem força de lei segundo o STF…

2003 – Lei 10639 – estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Incluino currículo oficial da Rede de Ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira”. Porque sabemos mais de Thor que de Oxum?

2010 – Lei 12288 – Estatuto da Igualdade Racial. Demorou hein?

2012 – Lei 12711 – Cotas nas universidades para quem ATENÇÃO: tiver estudado durante os três anos do Ensino Médio em escolas públicas; se autodeclarar, ou seja, se considerar preto, pardo ou indígena.

Racismo. Um projeto de país em vigor desde que o primeiro navio negreiro aportou por aqui.