Refletindo

Criaturas estranhas somos nós…. Como temos consciência de existir temos medo de não existir e como temos medo, fazemos de tudo para garantir que o tempo não passe, as coisas não mudem, tudo esteja e seja garantido.
Mas… (sempre tem um mas…)

Nada é garantido.


Mas…(tem sempre outro mas…)
Nos agarrando a pedaços de coisas que fomos, seremos. Pedaços de coisa que tivemos, gostaríamos de ter , nos tornamos um espaço de entulhos que atrapalham a gente a sentir o vento no rosto do tempo que passa, do mundo que gira. Nos tornamos mais uma sucata no meio de nossas sucatas, nos tornamos um com elas e acabamos achando que nada somos sem elas…
Será?

Comentários?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s